Exames
15011
page-template,page-template-full_width,page-template-full_width-php,page,page-id-15011,bridge-core-3.0.1,qode-page-transition-enabled,ajax_fade,page_not_loaded,,qode_grid_1300,footer_responsive_adv,hide_top_bar_on_mobile_header,qode-content-sidebar-responsive,qode-theme-ver-28.5,qode-theme-bridge,disabled_footer_top,qode_header_in_grid,wpb-js-composer js-comp-ver-6.7.0,vc_responsive
 

Exames

Endoscopia Urinária

Trata-se do exame endoscópico das vias urinárias baixas – que incluem o canal uretral e o interior da bexiga –, em homens, mulheres e crianças.

 

Para tanto, depois que o paciente é adequadamente sedado e preparado, introduz-se pela uretra o cistoscópio, um instrumento com uma videocâmera acoplada que permite visualizar todo o interior da uretra e da bexiga. Esse procedimento favorece o exame detalhado e também, se for o caso, a coleta de materiais para biópsia.

 

Com duração de poucos minutos, o exame não requer internação. Ao término do procedimento, o paciente desperta rapidamente do sono induzido e recebe alta assim que demonstre estar bem acordado.

Ecodopler

O Doppler, além de avaliar a anatomia das estruturas estudadas, de maneira semelhante à ultrassonografia convencional, analisa as características do fluxo sanguíneo nesses locais.

 

Indica-se o Doppler no estudo das doenças dos testículos e órgãos vizinhos, assim como no acompanhamento do rim transplantado. Em razão de suas características especiais, tem maior aplicação na investigação das dores testiculares (inflamações ou torções de testículo) e na avaliação da infertilidade masculina (varicocele).

 

Não é necessário preparo prévio ou sedação.

Ultrassonografia

Exame em que se utiliza um equipamento com princípio físico de ondas sonoras que, depois de devidamente processadas, geram imagens de alta definição no monitor.

 

É um exame muito eficaz na detecção e mensuração de cálculos (pedras) no aparelho urinário, além de permitir a avaliação do grau de repercussão obstrutiva renal que tais cálculos possam estar causando. Também é útil para detecção de tumores nos rins, bexiga, próstata e testículos.

 

Por ser uma técnica que não envolve radiações ionizantes, pode ser repetida inúmeras vezes, sem danos ao organismo.

 

A Master Clínica dispõe de excelente estrutura de ultrassonografia, com profissionais altamente qualificados e equipamentos atualizados, para maior precisão na identificação das doenças.

Orientação para o exame: Basta estar com a bexiga parcialmente cheia, sem desconforto.

Biópsia

Dá-se o nome de biópsia ao procedimento de coleta e envio de material para exame anatomopatológico, a fim de esclarecer ou confirmar um diagnóstico.

 

Na urologia, as biópsias mais frequentes são a da bexiga e da próstata. Para tanto, o paciente sempre é sedado por anestesiologista, a fim de se evitar qualquer desconforto ou dor.

 

Para a biópsia de bexiga, há necessidade de uma cistoscopia (informe-se sobre este exame aqui), e para a biópsia de próstata é necessária a realização de uma ultrassonografia transretal da próstata, a qual orientará a coleta, com uma agulha bem fina, de vários fragmentos de diferentes locais da próstata.

 

Os procedimentos não requerem internação e, após um período de tempo para recuperação e micção normal, libera-se o paciente.

Exame Radiológico

Considerando-se que a grande maioria dos cálculos urinários são radiopacos (visíveis aos raios X), a radiologia representa uma ferramenta diagnóstica muito útil na urologia e oferece os seguintes exames:

 

Urografia Excretora (UGE): Exame radiológico que faz uso de contraste iodado administrado por injeção intravenosa. O contraste evidencia todo o trajeto que percorre, desde os rins até a bexiga. Isso permite que se obtenha uma sequência de imagens do interior de ambos os rins, dos ureteres e da bexiga. Trata-se de exame excelente para avaliar cálculos situados no ureter, ou seja, entre o rim e a bexiga. Também oferece informações quanto à função renal, uma vez que o contraste necessita ser filtrado, secretado e excretado pelos rins na urina. Portanto sua duração pode variar de 30 minutos a várias horas. Como o aparelho urinário fica atrás dos intestinos, isto requer limpeza intestinal na véspera, utilizando-se medicação laxativa.

 

Uretrocistografia Miccional (UCM): Para o exame, utiliza-se uma mistura de soro fisiológico e contraste radiopaco que vai sendo introduzida na bexiga através de uma sondagem vesical até o paciente manifestar desejo de urinar. Nesse momento, remove-se a sonda uretral e libera-se o paciente para urinar livremente, ao mesmo tempo em que se obtêm algumas imagens. Este exame permite detectar refluxos urinários e alterações anatômicas da bexiga e uretra.

 

Raios X de abdome: Exame simples, sem contraste, que visa identificar imagens radiopacas (cálculos) sobre as projeções do aparelho urinário (rins, ureteres e bexiga).

 

Requer preparo intestinal na véspera do exame.

Estudo Urodinâmico

O estudo urodinâmico destina-se à avaliação do funcionamento do trato urinário inferior, ou seja, a bexiga e a uretra. Em outras palavras, procura verificar como a bexiga desempenha suas duas principais funções: armazenar e eliminar a urina.

 

Nos homens, este estudo auxilia sobremaneira o diagnóstico da obstrução da bexiga, geralmente causada pela hiperplasia da próstata.

 

Nas mulheres, sua grande utilidade é caracterizar bem os tipos de perda urinária involuntária, seja por esforço físico seja por forte desejo miccional.

 

O exame não provoca dor e é acompanhado pelo urologista e assistente. O procedimento consiste em se avaliar a dinâmica de enchimento e esvaziamento da bexiga, sendo todo esse processo devidamente registrado por um equipamento. Os dados obtidos possibilitarão posterior análise e interpretação, visando o diagnóstico de patologias como bexiga hiperativa e neurogênica, além de obstruções miccionais e quadros de incontinência. Isso auxilia o médico na definição do tratamento e, sobretudo, quanto à indicação ou não de cirurgia.

 

Orientação para o exame: basta estar com a bexiga parcialmente cheia, sem desconforto. Não recomendamos realizá-lo em período menstrual.